Regulamento

Modelo e Andamentos

O concurso realizar-se-á no dia 28 de Maio de 2022 pelas 10:30, no Picadeiro central da Feira (junto ao secretariado) da Feira. Caso o número de inscrições não permita o cumprimento dos horários estabelecidos no programa, o concurso continuará em recinto alternativo a designar pela organização.

Art. 1o Inscrição

Será efetuada pelos interessados até às 22 h do dia 26 de Maio de 2022, junto do secretariado do evento ou através do endereço de correio eletrónico: acpsl.oeste@gmail.com. No ato de inscrição é obrigatório apresentar a respetiva ficha devidamente preenchida, sendo que a inscrição só será validada após o pagamento de 5€ e apresentação do Documento de Identificação de Equinos (Livro Azul). O pagamento e a apresentação do DIE terão de ser feitos até à inspeção veterinária.

Art. 2o Admissão

Admissão Administrativa

Realizada pelos serviços da APSL até 48 horas antes do início do Concurso e após o envio das inscrições, por parte da organização. Este processo visa confirmar se os animais a concurso estão inscritos no Livro Genealógico da Raça Lusitana.

Admissão e Inspecção Veterinária

Os animais inscritos e admitidos pela APSL, terão de ser apresentados ao Júri de Admissão, em local próprio do recinto, antes do início do concurso.

Esta admissão terá lugar no dia 28 de Maio pelas 9:00.

Este controlo visa a identificação correta dos animais.

A não verificação dos animais pelo Júri de Admissão levará a que não possam dar entrada em concurso.

1o São admitidos a concurso os animais das classes descritas no art. 10 e que obedeçam às seguintes condições:

  1. a)  Certificado de vacinação contra a “influenza” (antecedência de 30 dias) e apresentação da marca de vacinação contra a peste equina, salvo para os animais nascidos a partir de 1991.
  2. b)  Ausência de sinais de doença, em particular de natureza infecto-contagiosa e que satisfaçam as condições do Livro de Reprodutores.
  3. c)  Capacidade de serem apresentados à mão, em estação e nos três andamentos.

  1. d)  Todos os animais presentes a concurso têm de se fazer acompanhar pelo respetivo D.I.E. – Documento de Identificação de Equinos (Livro Azul).
  2. e)  Apresentadores devidamente trajados e cavalos aparelhados de acordo com o traje do cavaleiro, recomendando-se o traje e arreios à portuguesa.
  3. f)  Proibição de uso auxiliar de chicote ou vara para se poder avaliar a vontade de andar e energia natural do cavalo.
  4. g)  Para os machos adultos (4 anos ou mais) é condição de admissibilidade que os órgãos genitais, i.e. ambos os testículos, estejam morfologicamente visíveis.Art. 3o Classificação

1o A classificação será efetuada por um Juiz, da Comissão de Inscrição do Livro Genealógico do Cavalo Lusitano, indicado pela Associação de Criadores e é presidido pelo Presidente do Júri.

2o O juiz, procederá à classificação até ao quarto concorrente ou até 1⁄4 do número de animais presentes à classificação, quando estes forem mais do que dezasseis.

3o Os prémios são atribuídos aos proprietários dos animais classificados.
4o Das decisões do júri não há recurso, salvo quando aquelas possam ter sido viciadas pelo não

cumprimento de determinações expressamente designadas neste Regulamento.

5o Em caso de recurso, o reclamante indicará a disposição regulamentar infringida e, bem assim, quando tal se verificou.

6o As reclamações serão feitas por escrito ao Presidente do Júri, no prazo de uma hora a contar do momento em que foram tornados públicos os resultados da classificação e acompanhadas da importância de 75 €, que será devolvida no caso de se verificar ter havido lugar a infração.

Art. 4o Prémios

1o O Juiz, poderá atribuir medalhas de ouro e prata aos animais que obtenham respetivamente classificações de Excelente e Muito Bom.

2o O Juiz, atribuirá o Título de “Campeão” e “Campeã” para o melhor animal de cada sexo, de entre os que se tenham classificado em 1o lugar de cada classe, desde de que tenham obtido Medalha de Ouro.

3o Título de “Campeão dos Campeões” será disputado entre o Campeão e a Campeã. caso não se verifique a atribuição de medalha de Ouro a qualquer dos animais presentes a concurso,

será atribuído o Título de melhor Exemplar de entre todos os vencedores das respetivas classes.

4o Serão atribuídas lembranças de participação a todos os concorrentes e prémios para o 1o, 2o e 3o classificados de cada classe, de acordo com a seguinte tabela:

Classificação Prémio
1o   75 Lusitanos Oestinos
2o   50 Lusitanos Oestinos
3o   25 Lusitanos Oestinos

Art. 5o Transporte e maneio

O transporte, a alimentação e o maneio dos animais em Concurso serão assegurados e custeados pelos proprietários, bem como a estadia dos tratadores / apresentadores.

Art. 6o Assistência veterinária

Os animais que adoeçam durante o período em que decorre o certame serão assistidos pelos Serviços Clínicos para o efeito estabelecidos, salvo se o proprietário pretender socorrer-se de clínico privado ou pretender retirar o animal do Concurso.

Art. 7o Transações de animais

Os animais poderão ser negociados mas a sua permanência até o final do Concurso é obrigatória.

Art. 8o Abandono do recinto de concurso

Um animal que seja retirado do recinto do Concurso, sem autorização do Juiz do Concurso e antes do seu encerramento (desde a inspeção veterinária até à sua classificação final), será desclassificado e perderá direito a qualquer das suas classificações e prémios que reverterão a favor dos concorrentes que se classificarem nos lugares seguintes.

Art. 9 Casos Omissos
Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pelo Juiz do Concurso.

Art. 10o Classes a Concurso

FÊMEAS

Classe I – 1 ano;
Classe II – 2 anos;
Classe III – 3 anos;
Classe IV – Égua Afilhada;
Classe V – Éguas Montadas – apresentadas montadas e à mão.

MACHOS

Classe I – 1 ano;
Classe II – 2 anos;
Classe III – 3 anos;
Classe IV – 4 anos ou mais – apresentados montados e à mão.

CAMPEÕES

Campeã
Campeão
Campeão dos Campeões

Juiz do Concurso:
Juiz da Raça a designar pela APSL

Júri de Admissão:

Art. 11o Oficiais do Concurso

Serviços da APSL (Admissão administrativa)
Dr. Vítor Grácio (Admissão – identificação veterinária)

Assistência Veterinária:

Dr. Vítor Grácio